• Fundado em 11/10/2001

    porto velho, terça-feira 23 de julho de 2024

Navios de guerra russos chegam a Cuba; EUA observam manobras com atenção

Operação militar ocorre em meio à escalada na tensão entre o Ocidente e a Rússia por conta da invasão à Ucrânia


CNN

Publicada em: 12/06/2024 16:36:13 - Atualizado


MUNDO: Os navios da marinha russa chegaram ao porto de Havana na quarta-feira (12), uma escala que os EUA e Cuba disseram não representar uma ameaça, mas que foi amplamente vista como uma demonstração de força russa à medida que aumentam as tensões devido à guerra na Ucrânia.

Pequenos grupos de pescadores e curiosos alinharam-se na avenida à beira-mar de Malecón sob uma chuva fraca para receber os navios que passavam pelo castelo Morro, de 400 anos, na entrada do porto.

Os primeiros a chegar foram um navio de combustível, o “Akademik Pashin” e um rebocador, o “Nikolay Chiker”, enquanto uma fragata da marinha russa e um submarino com propulsão nuclear esperavam no mar e deveriam entrar no porto no meio da manhã.

A fragata e o submarino, parte do grupo de quatro navios russos que chegaram ao largo de Cuba nesta quarta-feira (12), realizaram exercícios de mísseis no Oceano Atlântico a caminho da ilha, disse o Ministério da Defesa da Rússia no dia anterior.

Cuba disse na semana passada que a visita era uma prática padrão de navios de guerra de países amigos de Havana. O Ministério das Relações Exteriores do governo comunista disse que os navios não carregavam armas nucleares, algo repetido por autoridades norte-americanas.


Fale conosco