• Fundado em 11/10/2001

    porto velho, sábado 20 de julho de 2024

Droga furtada do laboratório da Politec é avaliada em R$ 80 milhões

É uma ironia, porque depois de todo o esforço das equipes de diversas polícias para tirar a cocaína de circulação, com facilidade ela é levada exatamente para o mercado...


Sérgio Pires

Publicada em: 19/11/2023 11:56:57 - Atualizado

As investigações estão em andamento, mas mantidas em sigilo. Pela segunda vez nos meses últimos, o esconderijo de drogas que fica dentro da Politec, em Porto Velho, foi furtado.

Na última vez, uma ocorrência da semana passada, já com registro policial, os ladrões levaram nada menos do que 20 quilos de cocaína pura, que foi condicionada num local a que poucas pessoas têm acesso, dentro do prédio da Polícia Técnica.

A droga era resultado de várias operações, que colocavam na prisão os traficantes que tentavam levá-la para chegar ao mercado consumidor, tanto em Rondônia como em outros Estados. 

É uma ironia, porque depois de todo o esforço das equipes de diversas polícias para tirar a cocaína de circulação, com facilidade ela é levada exatamente para o mercado, por criminosos que tiveram acesso fácil a um prédio que deveria ter segurança triplicada. 

Há várias linhas de investigação, mas, claro, o assunto é tratado sob sigilo rigoroso. Se fosse pasta base da cocaína, os 20 quilos apreendidos, misturados com várias outras substâncias, poderiam se transformar em até 120 quilos da droga, no mercado interno. 

Um quilo de cocaína pura, hoje (não se sabe o nível de qualidade do que foi roubado em Porto Velho) pode chegar ao mercado internacional por cerca de 20 milhões de reais, algo acima de 4 milhões e meio de dólares.


Fale conosco