• Fundado em 11/10/2001

    porto velho, quinta-feira 13 de junho de 2024

Batalhão de policiamento reforça ações para combate ao crime organizado em Rondônia

Os militares que compõem essa nova estrutura vão atuar com foco no combate ao crime organizado...


Secom RO

Publicada em: 29/05/2024 17:36:57 - Atualizado

Foto: Secom RO

RONDÔNIA: Com o objetivo de fortalecer as ações de combate à criminalidade no estado, o governo de Rondônia criou, nesta terça-feira (28), o Batalhão de Policiamento Tático de Ação e Reação ao Crime Organizado (BPTAR), Batalhão sargento PM, Márcio Rodrigues da Silva, da Polícia Militar do Estado de Rondônia (PMRO). A formatura, que marcou o início dos trabalhos, aconteceu na sede do Comando-Geral da Polícia Militar, em Porto Velho, e contou com a presença de autoridades da esfera estadual e do governo federal. Os militares que compõem essa nova estrutura vão atuar com foco no combate ao tráfico de drogas, extorsão e desarticulação do crime organizado, cujo maior raio de atuação está concentrado na Capital.

De acordo com o comandante-geral da PMRO, coronel Regis Braguin, a criação do BPTAR representa um referencial no combate às organizações criminosas. “Por meio da implementação dessa unidade especializada, a Polícia Militar visa combater de maneira mais eficaz, os diferentes tipos de crimes organizados que ameaçam a segurança pública, promovendo a integração de ações e o uso de estratégias específicas para enfrentar essa complexa realidade”, pontuou.

Para o governador de Rondônia, Marcos Rocha, com o BPTAR, as ações de combate às organizações serão fortalecidas para dificultar a atuação da criminalidade no estado.

CAPACIDADE TÉCNICO-OPERACIONAL

Os militares vão atuar com foco no combate ao tráfico de drogas, extorsão e desarticulação do crime organizado

Segundo o titular da Secretaria de Estado, Segurança, Defesa e Cidadania (Sesdec), Felipe Bernardo Vital, a capacidade técnica e operacional do novo batalhão começa com fuzis e pistolas novas, armamentos nacionais, israelenses e italianos. “São nove viaturas novas, além de equipamentos de proteção individual e munições recém-adquiridas”, ressaltou.

Ao final da solenidade, os militares engajados no BPTAR deram início às atividades e começaram os trabalhos de campo.


Fale conosco