• Fundado em 11/10/2001

    porto velho, sábado 15 de junho de 2024

STF elege André Mendonça para substituir Moraes no TSE, Bolsonaristas comemoram nas redes

O ministro Alexandre de Moraes permanecerá no TSE até o próximo dia 3 de junho, quando termina o mandato


cnn

Publicada em: 16/05/2024 16:42:03 - Atualizado


Os ministros do Supremo Tribunal Federal (STF) elegeram, nesta quinta-feira (16/5), André Mendonça para ocupar a vaga de Alexandre de Mores no Tribunal Superior Eleitoral (TSE). O atual presidente da Corte Eleitoral permanecerá no cargo até o dia 3 de junho, quando termina o mandato.

Nas redes sociais a votação foi comemorada pela direita em especial por bolsonaristas. Apontado como aliado de pautas liberais e conservadoras, André Mendonça deve ser menos rígido que seu antecessor no tribunal eleitoral. 

O TSE é composto, no mínimo, de sete ministros titulares. Desse total, três são provenientes do STF, dois vêm do Superior Tribunal de Justiça (STJ) e dois são juristas advindos da advocacia.

“Meu compromisso com os eminentes pares e com o Tribunal Superior Eleitoral, como um dos seus representantes, é atuar com absoluta imparcialidade e deferência ao Tribunal, à legislação e à Constituição”, afirmou André Mendonça.

Mendonça, no discurso de agradecimento, ainda destacou a gestão do ministro Alexandre de Moraes como exitosa e afirmou que o atual presidente do TSE atuou com “firmeza e competência” a frente da Corte Eleitoral.

Em 7 de maio, os ministros do TSE elegeram a ministra Cármen Lúcia para presidir a Corte Eleitoral pelos próximos dois anos. Por meio de votação secreta, os magistrados definiram a presidência e também elegeram Kassio Nunes Marques como vice-presidente.




Fale conosco