• Porto Velho

    sexta-feira 30 de julho de 2021

Eduardo Bolsonaro se mete em 'briga' de Doria: "Calcinha apertada"

João Doria foi às redes sociais dizer que o Ministério da Saúde recebeu 936 mil novas doses da vacina da Pfizer, mas, “surpreendentemente, até agora SP não recebeu nenhuma dose”.


oantagonista

Publicada em: 04/06/2021 10:21:49 - Atualizado

O governador de São Paulo cobrou do Ministério da Saúde a distribuição para o estado de novas doses da vacina da Pfizer, que foram entregues ontem ao Brasil.

João Doria foi às redes sociais dizer que o Ministério da Saúde recebeu 936 mil novas doses da vacina da Pfizer, mas, “surpreendentemente, até agora SP não recebeu nenhuma dose”.

O ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, respondeu:

“Senhor governador, antes de emitir esse tipo de comunicado, informe-se com seu secretário de Saúde como funciona a tripartite. Daí, conversamos. Pare de palanque. Precisamos unir o Brasil.”

Doria rebateu em seguida:

“Ministro, hoje o Brasil registrou 2 mil mortes. É uma vergonha o senhor achar normal guardar vacina na prateleira porque é feriado. Tripartite, para mim, é vacina no braço. Somos servidores públicos. Temos a missão de vacinar os brasileiros com urgência.”

Aí Eduardo Bolsonaro, o eterno Bananinha, resolveu se meter na história, publicando uma foto do governador de São Paulo, sem máscara, em uma loja de Miami, no fim do ano passado — na época, Doria acabou antecipando o retorno ao Brasil e pediu desculpas.

“Aqui vemos todo o senso de urgência do governador ‘Calcinha Apertada’…”, escreveu o deputado, um homem público sempre muito ocupado.




MATÉRIAS - DENÚNCIAS - VÍDEOS - FOTOS

Fale com a redação do Rondonotícias redacao@rondonoticias.com.br