• Fundado em 11/10/2001

    porto velho, quinta-feira 20 de junho de 2024

A arquitetura e o método Montessori no desenvolvimento da criança


Por Karen e Angelina

17/01/2024 11:55:25 - Atualizado

Criado em 1907 pela médica Maria Montessori, o método Montessori é muito utilizado na educação visando o desenvolvimento integral e natural da criança por meio da autonomia e da liberdade individual, respeitando seus limites e suas habilidades físicas, sociais e psicológicas. De acordo com a Dra. Montessori, para o pleno desenvolvimento da criança é necessário que ela se relacione com o espaço com autonomia, sem intermediação de um adulto, como ter livre acesso ao local de guarda de seus brinquedos, subir e descer do local de dormir, por exemplo. Mas o método Montessori vai muito além, e apesar de ter sido criado no século passado (em 1907), a ciência agora está comprovando os estudos deixados por sua criadora.

Nesse prisma, o arquiteto pode agir na criação de espaços que promovam a autonomia para o desenvolvimento da criança. O método Montessori pode ser aplicado em salas de leitura, sala de brinquedos, salas de aula, quartos, cozinhas, salas, banheiros... ou seja, em todo espaço de convívio da criança, com ênfase especial no mobiliário. Para falar desse tema seriam necessários vários artigos, então vamos apresentar aqui, o que compõe um quarto montessoriano, pois é no quarto que a criança passará boa parte do seu tempo seja dormindo, brincando ou fazendo suas atividades.

Um quarto montessoriano permite à criança conquistar sua autonomia promovendo seu desenvolvimento físico-motor e emocional, permitindo-as fazer escolhas de forma adequada, de acordo com seu processo de aprendizagem. Nessa perspectiva o quarto montessoriano tem como seus principais aspectos:

A simplicidade: cores claras e luz natural

Minimalismo: Excesso de informação pode gerar confusão na criança

Organização: A organização externa auxilia na organização interna, permitindo organização de raciocínio e foco.

Mobiliário: Os mobiliários devem ser projetados de forma que permita o acesso e a interação da criança no espaço, como por exemplo acesso à cama, pegar e guardar os brinquedos em local que ela alcance, escolher um livro na estante, escolher a roupa...

Acessibilidade: O espaço deve permitir a interação de forma livre pela criança.
Segurança: A segurança é essencial para que a criança possa explorar livremente, e ao mesmo tempo estar segura. Por isso nada de fios soltos, tomadas desprotegidas, quinas de móveis, móveis que podem tombar.
Espelho e barra de apoio: Para o pleno desenvolvimento da criança, é essencial que ela se conheça e se reconheça. Assim, um interessante para o quarto é o espelho, o qual a permite acompanhar seu próprio desenvolvimento físico e na percepção de que ela e sua mãe são seres humanos distintos. O espelho poderá ser colocado ao lado da cama para que o bebês se veja enquanto está deitado, e a altura dependerá da idade da criança e seu desenvolvimento. A barra de apoio pode ser colocada junto ao espelho, e auxiliará a criança a adquirir firmeza no corpo e no processo de equilíbrio.

Em síntese, no quarto montessoriano tudo é dimensionado tendo como foco a criança e seu desenvolvimento. Quer saber mais sobre o assunto, ou deseja um quarto montessoriano para seu filho ou sua filha? Entre em contato conosco ou consulte seu arquiteto.


Os comentários são via Facebook, e é preciso estar logado para comentar. Os comentários são inteiramente de sua responsabilidade.