• Fundado em 11/10/2001

    porto velho, sexta-feira 12 de julho de 2024

Cruz tenta manter candidatura; a passagem de Alckmin por RO; Benedito se destaca...


Por Sérgio Pires

05/07/2024 15:53:30 - Atualizado

ANDA O PROJETO PARA DUPLICAÇÃO DA BR 364, MAS HÁ POLÊMICA SOBRE PEDÁGIO ENTRE PORTO VELHO E CANDEIAS DO JAMARI

Começam a andar, dentro do Ministério dos Transportes, os projetos de melhorias radicais na BR 364, incluindo a duplicação de importantes trechos da nossa maior rodovia federal. Há avanços sim, mas também polêmica. Dois vídeos postados nas redes sociais, um pelo senador governista Confúcio Moura e outro pelo oposicionista Fernando Máximo, deputado federal, mostram que nem tudo são flores no grandioso projeto que pretende, a médio e longo prazos, duplicar grande parte da 364. Confúcio, por exemplo, saiu de uma reunião com o ministro dos Transportes, Renan Filho, comemorando.

Confúcio elogiou o ministro por propor o encontro que, segundo ele, “foi muito esclarecedora” e que “ninguém discordou do que foi proposto”. O senador destacou ainda a atuação da bancada federal, que, segundo ele, está unida em torno deste grande projeto”. Na essência, Fernando Máximo não discordou das propostas para a rodovia. Contudo, fez um pedido direto a Renan Filho: tirar do projeto original em andamento, a implantação de um posto de pedágio no trecho Porto Velho/Candeias.

No encontro, Máximo argumentou que milhares de pessoas seriam prejudicadas, incluindo as que vão e voltam de tratamentos contra o câncer no Hospital do Amor. Também pediu que os valores que estão em estudo, para os pedágios, sejam revistos e que haja preços diferenciados para motos e veículos comuns.

Basicamente, pode-se afirmar que o projeto de transformação da BR 364 prevê uma espécie de parceira público/privada, com privatização, mas também com controles do governo. Tudo está na fase final de estudos e a criação de um posto de pedágio a cada 100 quilômetros é, neste momento, a questão mais polêmica. Para se ter ideia, entre Vilhena e a fronteira com o Acre, em torno de mil quilômetros, haveriam dez destes postos. Um caminhoneiro, para percorrer esta distância, ida e volta, pagaria 20 vezes o pedágio.

Supondo-se (não há ainda valores determinados para pagamento nestes postos) que o valor fosse de 50 reais para caminhões, seriam 1 mil reais a mais no custo das cargas. Os 50 reais são apenas um número aleatório, porque se sabe que, no geral, veículos pesados pagam muito mais. Há boa vontade do governo federal em realizar a obra e em ver a BR 364 transformada e com vários dos seus trechos duplicados.

Contudo, o contribuinte (que, lembrou Máximo ao ministro dos Transportes, já paga pesados tributos e em todas as áreas) terá que bancar essa obra gigantesca, pagando pedágio em cima de pedágio? Renan Filho afirmou que o assunto será estudado por sua equipe.

O que se espera é que essa questão dos pedágios – principalmente do que está projetado entre Porto Velho e Candeias - seja revista!

ADVOGADOS DE MARCELO CRUZ FORAM CONVOCADOS PARA TENTAR MANTER A CANDIDATURA DELE À PREFEITURA DA CAPITAL

A surpresa na política local foi a notícia dada pelo site Rondoniagora, de que o presidente da Assembleia Legislativa, Marcelo Cruz, poderá ficar fora da disputa pela Prefeitura de Porto Velho, por um erro da sua equipe técnica. Basicamente, uma lei aprovada pela própria Assembleia em 2020, proíbe que deputados que sejam candidatos à eleição, possam gastar verbas públicas em Publicidade até seis meses antes da disputa. Ou seja, para concorrer cumprindo a normal, Cruz só poderia ter investido até abril passado. Pego de surpresa pela informação, Marcelo Cruz imediatamente acionou seus advogados, que estão ainda analisando a situação, para depois dar ao cliente um posicionamento definitivo. O presidente da Assembleia, entre os nomes mais fortes para a disputa, estava em plena pré-campanha. Tem ao seu lado, aliás, pelo menos quatro nominatas completas de candidatos à Câmara de Vereadores, com um total de 96 nomes, o que por si mesmo já traduz claramente a potência eleitoral do até agora candidato. O anúncio de que Marcelo pode ficar fora do pleito caiu como uma bomba nos meios da política da Capital e de todo o Estado. Ele faz parte do quarteto que tem chances reais de chegar ao segundo turno e, caso saia mesmo do jogo, pot questões legais (até a noite da quinta-feira, isso não era definitivo) se torna uma espécie de ponto de desequilíbrio, para o lado que decidir pender, na corrida pela cadeira de Hildon Chaves. Agora, resta esperar pelo que os advogados de Cruz vão orientar. Aguardemos, pois!

ALCKMIN NA FIERO LANÇA PROJETO, DESTACA PRÊMIOS DO SENAI E A QUALIDADE DO CAFÉ DE RONDÔNIA

Embora feita para um público mais restrito, na Federação das Indústrias de Rondônia, a Fiero, não passou em branco a presença do vice-presidente da República, Geraldo Alckmin em Porto Velho, nesta semana. Recebido pelo governador Marcos Rocha; pelo presidente do Tribunal de Justiça, desembargador Raduan Miguel Filho; pelo prefeito Hildon Chaves e à convite do presidente da Fiero, Marcelo Thomé, Alckmin veio conhecer os grandes projetos em andamento no setor industrial do Estado e lançar a pedra fundamental de um ousado projeto, o “HUB de Inovação e Tecnologia” do Senai. No encontro, Marcelo Thomé destacou que “Rondônia possui uma diversidade de matrizes econômicas que nos permite afirmar que seremos o principal foco de geração de soluções de inovação para a Região Amazônica”. Depois de elogiar o Senai rondoniense (“conquistou todos os grandes prêmios nacionais”), Alckmin, que também é ministro do Desenvolvimento, Indústria e Comércio, falou sobre o “Programa Nova Indústria Brasil”, que se baseia em quatro pilares: inovação, competitividade, produtividade e sustentabilidade. “A partir desses pilares, buscamos aumentar as exportações dos produtos brasileiros, que já possuem mercado em diversos países”, afirmou. Ele também elogiou a qualidade do café robusta rondoniense, que vem acumulando prêmios e abrindo os mercados em diversos países.

PSD PARTICIPA DO “FRENTÃO”, COLOCANDO MARIANA CARVALHO E EXPEDITO JÚNIOR NOVAMENTE NO MESMO PALANQUE

O “Frentão” de apoio à candidatura de Mariana Carvalho soma, ao menos até agora, seis partidos. União Brasil, Republicanos, PSDB, PSD, Avante e PRD (resultado da fusão do PTB com o Patriotas). O PL pode oficializar seu apoio ainda nos próximos dias. Se isso acontecer, será dele o nome do vice de Mariana. Não deixa de ser surpresa a adesão do PSD, um partido que tem defendido teses bem mais à esquerda e cujo presidente regional, Expedito Netto, faz parte, como secretário geral do Ministério das Pesca do governo Lula, mas certamente pesou a influência e o peso político do pai, o ex-senador Expedito Júnior, até hoje uma figura das mais respeitadas na política rondoniense. Expedito pai foi companheiro de partido de Mariana durante longos anos, no ninho tucano. Ambos se afastaram em campanhas políticas passadas, mas jamais houve rompimento, ao menos em nível de público. Agora, os dois estarão novamente no mesmo palanque, já que Mariana lidera o sexteto de siglas do qual o PDS faz parte. Expedito Júnior não será candidato nesta eleição, mas continua percorrendo o Estado, fortalecendo seu partido e cooptando novas lideranças. O principal nome do PSD no Estado, hoje, é o do prefeito de Cacoal, Adailton Fúria, que tem chances enormes de reeleição.

BENEDITO ALVES ESTÁ SE DESTACANDO COM REUNIÕES COM BOM PÚBLICO, NESTA FASE DE PRÉ-CAMPANHA

E os demais candidatos? Se a eleição fosse hoje, o que se ouve em pesquisas que estão sendo feitas é que Mariana Carvalho e Léo Moraes iriam para o segundo turno. A questão é que, para o início quente da campanha, faltam mais de 40 dias. Na verdade, a propaganda oficial, por exemplo, só pode começar em 16 de agosto. Ou seja, o que é hoje pode mudar completamente nas próximas 10 semanas e meia. Portanto, os nomes que formam o quarteto com mais chances neste momento (Marcelo Cruz, que já não se sabe se será mesmo candidato e Euma Tourinho) estão longo de ficarem fora do páreo. Aliás, é bom que se diga que o professor e ex-conselheiro do Tribunal de Contas, Benedito Alves, anda se destacando entre aqueles que estariam, teoricamente, no segundo time dos concorrentes. Nas últimas semanas, Benedito tem realizado uma série de reuniões, algumas delas com público considerado muito bom, falando da sua pré-candidatura e dos seus planos, caso chegue ao comando da Prefeitura da Capital. Dos possíveis candidatos vindos mais à esquerda, Fátima Cleide continua em total silêncio. O PT, seu partido, já a escolheu para a disputa, mas ela ainda não se mexeu. Vinicius Miguel, do PSB, tem frequentado muito mais as redes sociais, geralmente defendendo direitos das minorias (principalmente dos deficientes) mas também não fala sobre candidatura. O tempo está passando e não se sabe quem representará a esquerda na disputa na Capital.

PRIMEIRA REUNIÃO COMEÇA A DEFINIR DETALHES DA PROPAGANDA ELEITORAL GRATUITA. NA CAPITAL, MARIANA TERÁ O MAIOR TEMPO

Nesta semana, uma primeira reunião numa emissora de TV da Capital reuniu representantes de pelo menos nove pré-candidatos à Prefeitura. Estiveram representados no encontro pessoas nomeadas para representar Mariana Carvalho, Léo Moraes, Euma Tourinho, Valdir Vargas, Benedito Alves, Célio Lopes, Samuel Costa, Ricardo Frota e Vinicius Miguel. Na ocasião, no encontro na Band, que deve ser a emissora que vai gerar a propaganda eleitoral para todos os demais veículos da TV aberta, começaram a ser discutidos os primeiros detalhes sobre o tema. Por enquanto, não há mais informações, até porque ainda sequer se sabe quantos dos atuais pretendes serão oficializados em suas convenções. Podem surgir mais surpresas, como as que envolveu o nome do deputado e presidente da Assembleia, Marcelo Cruz, que poderia ficar fora do páreo, caso se confirme que houve erro da sua assessoria em não avisá-lo de que não poderia fazer propaganda do mandato seis meses antes do pleito. Num primeiro momento, o que se sabe sobre a divisão do tempo da propaganda eleitora, é que a candidata Mariana Carvalho ficaria com o maior de todos, em relação a seus concorrentes, já que soma uma aliança com pelo menos seis partidos e que ainda pode incluir o PL, o que tem mais tempo, por ter a maior bancada na Câmara Federal. Uma fonte experiente nos meios da Publicidade em campanhas eleitorais informa que ela teria pelo menos três minutos por inserção, o triplo do segundo colocado, o PP. O Podemos, de Léo Moraes, considerado candidato de ponta, teria muito menos, em torno de 40 segundos. Já Euma Tourinho, do MDB, deverá ter o segundo melhor tempo de TV. Tudo ainda são conjecturas, porque só depois das convenções e confirmações das candidaturas, é que os tempos oficiais da propaganda eleitoral gratuita serão anunciados pelo TRE.

O GLOBO DENUNCIA: COMITIVA DE LULA CUSTOU QUASE SETE MILHÕES EM TRÊS DIAS E PAGOU 628 MIL REAIS POR UMA COROA DE FLORES

Quem seria o doido que pagaria 628 mil reais por uma coroa de flores? Ou 230 mil reais por um simples café break? Ou ainda 3 milhões e 200 mil de aluguel por uma sala de apoio por apenas três dias? Ou algo em torno de 400 mil reais por dia para um tradutor? Só o idiota do brasileiro, com seus pesados impostos, para pagar uma gastança dessas. Pois foi com o dinheiro dele que o presidente Lula e sua comitiva gastaram, em três dias, nada menos do que seis milhões e 700 mil reais em três dias, na visita à China no ano passado. E quem está dando essas informações? Não foi nenhum deputado ou senador da oposição. Não foi nenhum veículo de notícias, claramente contra o atual governo. A publicação foi feita no jornal o Globo, de uma rede de empresas que fatura milhões de dinheiro público em Publicidade, exatamente para fazer Assessoria de Imprensa ao Planalto e seu grupo dirigente. Os absurdos valores gastos, segundo o Globo, foram retirados do Portal da Transparência, em outubro do ano passado e jamais contestados. Nem a incrível compra de uma coroa de flores por 628 mil reais. O jornal do grupo Globo, aquele mesmo que comemorou a vitória de Lula e a derrota de Bolsonaro, ainda teve o acinte (que Assessoria de Imprensa é essa?) de comparar os custos com uma viagem de Bolsonaro, em 2019, a cinco países (China, Japão, Emirados Árabes, Catar e Arábia Saudita) que, com valores atualizados pela inflação, gastou pouco mais de 1 milhão de reais, para uma estada de dez dias. Inacreditável!

OBRAS DE MAIS DE 17 MILHÕES E 500 MIL REAIS: MOSQUINI ANUNCIA 20 QUILÔMETROS DE ASLALTO PARA A CIDADE DE JARU

Não agora, mas lá no futuro, a comunidade de Jaru vai acabar erguendo uma estátua para seu deputado federal. Não há, na história da cidade de aproximadamente 55 mil habitantes, um político que tenha conseguido tantos recursos para serem aplicados ali, que não Lúcio Mosquini. De verbas para ampliação e duplicação de trecho do BR 364 à construção da segunda ponte sobre o rio Jaru; de investimentos pesados na educação e na saúde a cidade do prefeito Joãozinho Gonçalves, de quem Mosquini é forte aliado, tem recebido serviços como nunca os recebeu, desde sua fundação como cidade, em 16 de junho de 1981. Nesta sexta-feira, a cidade receberá mais uma notícia daqueles que mobilizam sua população. Num encontro com a participação do prefeito Joãozinho; do vice Jeverson Lima; do deputado estadual Dr. Luiz, o parlamentar vai anunciar recursos para asfaltamento de nada menos do que 20 quilômetros de ruas na cidade. A solenidade vai acontecer no Feirão do Produtor, a partir das 8h da manhã. Todas as ruas que serão atendidas pelo asfalto serão anunciadas pelo prefeito da cidade, durante o encontro desta sexta, em que toda a comunidade está convidada a participar. Além do asfalto, os moradores atendidos pelas obras receberão também calçadas, meio-fio e sarjeta. No total, o investimento para os 20 quilômetros de asfalto e demais benfeitorias, chega a mais de 17 milhões e 500 mil reais.

PERGUNTINHA

Você que gosta do futebol brasileiro e que já viu tantas conquistas, também está frustrado com a péssima qualidade dos nossos times e principalmente da nossa Seleção, composta em sua grande maioria por jogadores medíocres e que, do jeito que as coisas vão, jamais conquistarão novamente qualquer outro título mundial para nosso país?



Os comentários são via Facebook, e é preciso estar logado para comentar. Os comentários são inteiramente de sua responsabilidade.