• Fundado em 11/10/2001

    porto velho, sexta-feira 21 de junho de 2024

Justiça Militar ordena e PM é presa por suspeita de furto em batalhão de São Paulo

As investigações apontam que o furto teve lugar nos alojamentos dos policiais militares


IG

Publicada em: 11/05/2024 10:35:20 - Atualizado


BRASIL: Na Baixada Santista, a prisão preventiva da policial militar Vanessa Rezende foi decretada devido ao seu suposto envolvimento no furto de armas e munição do 6º Batalhão da Polícia Militar de Santos. O caso, ocorrido no último domingo (5), tem gerado repercussão.

Segundo o Portal UOL, o furto em questão envolveu o sumiço de duas pistolas Glock .40 da PM, além de munição, carregadores de pistola particular e um colete à prova de bala, itens de grande valor estratégico e potencialmente perigosos se utilizados de forma indevida.

As investigações apontam que o furto teve lugar nos alojamentos dos policiais militares, localizados próximos à sala de armas, onde as câmeras de segurança não tinham gravações no momento do crime.

Impressões digitais de Vanessa Rezende foram encontradas nos armários arrombados, e projéteis furtados foram rastreados até um imóvel vinculado a ela.

Essas evidências levaram à suspeita de que a policial teria praticado o furto enquanto estava de serviço no 6º Batalhão, levantando a possibilidade de cumplicidade de outras pessoas no delito.

Esse não é o primeiro caso de furto de armas na região, com um incidente anterior ocorrido em uma unidade do Batalhão de Policiamento Rodoviário. No episódio anterior, foram roubados fuzis e munição, sendo encontrada uma escada de alumínio abandonada na área externa da base militar.



Fale conosco