• Fundado em 11/10/2001

    porto velho, quarta-feira 22 de maio de 2024

Criminoso arranca anel do dedo de cantora com a boca em assalto no litoral de São Paulo

Vítima ficou com o dedo ferido e teve todos os equipamento de música roubados em São Vicente


TERRA

Publicada em: 14/05/2024 15:36:37 - Atualizado

BRASIL: Uma cantora, de 27 anos, foi assaltada e teve vários equipamentos de som roubados por ladrões em São Vicente, no litoral de São Paulo. Ao Terra, Katherine Bermudes conta que estava com o filho de 1 ano e 11 anos no carro, e que um dos bandidos arrancou o anel que estava no seu dedo com a boca.

A jovem mora em Praia Grande, cidade vizinha onde ocorreu o assalto. Ela explica que havia deixado seu bebê com na casa dos pais, em São Vicente, e foi até lá para buscá-lo, após finalizar um trabalho de música na madrugada de sexta-feira, 10. Quando seguia rumo ao município onde reside, foi abordada por um grupo de criminosos.

“Por volta de 00h30, na volta pelo caminho da Vila Margarida, na Rua Polidoro de Almeida Bittencourt, na primeira esquina, eles me renderam. Eram mais de três, eu tenho certeza, mas não sei se eram quatro ou cinco. Todos estavam armados. Eles falaram para eu ir para o banco de trás, mas eu disse que poderiam levar tudo. ‘Deixa só eu tirar meu filho’”, relembra.

Katherine estava tão preocupada com o bebê, que demorou para conseguir tirar a criança da cadeirinha no banco de trás. “Enquanto eu estava tentando abrir com a mão esticada para trás, a outra mão o rapaz colocou na boca para arrancar meu anel, achando que era uma aliança de ouro”, relata. Com a força, o dedo dela chegou a inchar e ficou machucado.

Ela ainda afirma que um motorista de ônibus que passava pelo local viu a cena e começou a buzinar, talvez com o objetivo de espantar o grupo criminoso. Parte dos bandidos fugiu e somente um ficou no local. Ele disse que não a mataria.

Depois que ela conseguiu tirar o bebê de dentro do veículo, o ladrão fugiu com o seu carro, caixa de som, teclado, e mais alguns dos equipamentos de música, além do celular e uma quantia em dinheiro. Ela estima que o prejuízo seja em torno de R$ 12 mil, sem contar com o veículo.

“Foi terrível. Foi muito apavorante, porque eu nunca tinha sido assaltada, não sabia o que fazer, estava muito nervosa. Eu estava com a impressão de que eles iam arrancar [com o carro] com o meu filho [dentro]”.


Fale conosco