• Fundado em 11/10/2001

    porto velho, terça-feira 23 de julho de 2024

Médico residente é preso por assédio e importunação sexual contra 53 vítimas em Goiás

João Paulo Ferreira Castro foi preso preventivamente nesta 5ª. Polícia Civil de Goiás investiga denúncias de outras 53 possíveis vítimas


METROPOLES

Publicada em: 20/06/2024 10:49:55 - Atualizado


BRASIL: Investigado por denúncias de assédio e importunação sexual contra ao menos quatro vítimas, o médico residente João Paulo Ferreira Castro (foto em destaque) foi preso preventivamente, nesta quinta-feira (20/6), em Anápolis (GO), cidade a cerca de 155 quilômetros do Distrito Federal.

Por meio da Delegacia Especializada no Atendimento à Mulher (Deam) de Anápolis, a Polícia Civil de Goiás (PCGO) também cumpriu mandado de busca e apreensão contra ele.

A corporação divulgou a identidade e a foto de João Paulo, a fim de que outras eventuais vítimas ou testemunhas busquem a polícia para colaborar com as investigações.


Fale conosco