• Porto Velho

    domingo 19 de setembro de 2021

Mato Grosso do Sul quer ser o 1º a atingir imunidade coletiva com vacinação da Covid-19

O IBGE estima que a população do Mato Grosso do Sul seja hoje de 2,8 milhões de pessoas – quase o mesmo que o Distrito Federal.


uol

Publicada em: 23/07/2021 17:16:51 - Atualizado

O secretário de Saúde do Mato Grosso do Sul, Geraldo Resende, celebrou nesta sexta (23) o que chamou de “marca histórica”: “Fomos o primeiro estado do país a ter mais de 30% da sua população já imunizados. Conseguimos esse feito no dia de ontem [22]”.

Resende se refere à população vacinada com ambas as doses de vacinas contra a Covid – ou com a dose única da Janssen.

“E vamos trabalhar intensamente para cumprir um objetivo que nós traçamos, de ser o 1º estado a conquistar a chamada imunidade de rebanho, a imunidade coletiva”, disse o secretário, em pronunciamento transmitido ao vivo pelo Facebook.

A imunidade coletiva, ou imunidade de rebanho, é quando a grande proporção de uma população imune a uma doença oferece proteção indireta mesmo a quem não foi vacinado.

Resende disse hoje ser possível atingir a imunidade coletiva até o fim de agosto. Segundo a Secretaria de Saúde, esse objetivo deve ser alcançado quando 80% da população tiver recebido a 1ª dose. Hoje, o estado já tem 47% de vacinados com pelo menos a 1ª dose.

O ranking de vacinação plena é liderado hoje de longe pelo Mato Grosso do Sul. O Rio Grande do Sul aparece em 2º lugar, com 23,95% da população plenamente vacinada, pelos dados do consórcio de veículos de imprensa.

O IBGE estima que a população do Mato Grosso do Sul seja hoje de 2,8 milhões de pessoas – quase o mesmo que o Distrito Federal.


MATÉRIAS - DENÚNCIAS - VÍDEOS - FOTOS

Fale com a redação do Rondonotícias redacao@rondonoticias.com.br