• Porto Velho

    segunda-feira 25 de outubro de 2021

Adolescente morre após tomar vacina e caso é investigado por Centro de Vigilância Epidemiológica

Jovem de 16 anos foi vacinada contra a Covid. Até o momento, não há relação comprovada entre o óbito e a vacinação.


g1

Publicada em: 16/09/2021 17:00:05 - Atualizado

A morte de uma adolescente de 16 anos de São Bernardo do Campo, no ABC Paulista, em 2 de setembro, está sendo investigada pelo Centro de Vigilância Epidemiológica do Estado de São Paulo.

Em 15 de setembro, o Centro de Informações Estratégicas em Vigilância em Saúde (Cievs) Nacional recebeu do Cievs de São Paulo a informação de um rumor em grupos de WhatsApp de que um óbito envolvendo uma adolescente de 16 anos estaria relacionado à aplicação da vacina Pfizer.

Como a jovem havia tomado a primeira dose da vacina contra a Covid oito dias antes da morte , o protocolo, nesses casos, é o de que haja uma apuração para entender se a vacina teve ou não alguma relação com o óbito. Até o momento, segundo as autoridades sanitárias, não há nenhuma comprovação nesse sentido.

Em ofício, o Conselho Nacional de Secretários de Saúde (Conass) e o Conselho Nacional de Secretarias Municipais de Saúde (Conasems) solicitaram nesta quinta-feira (16) um posicionamento da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) sobre a autorização para uso da vacina Pfizer em adolescentes de 12 a 17 anos. O imunizante é o único autorizado para uso em adolescentes.


MATÉRIAS - DENÚNCIAS - VÍDEOS - FOTOS

Fale com a redação do Rondonotícias redacao@rondonoticias.com.br