• Fundado em 11/10/2001

    porto velho, quarta-feira 22 de maio de 2024

Shopping atrai novos investidores e promove movimentação econômica

Há quase 16 anos instalado na cidade, empreendimento tem crescido junto com o município


SMC

Publicada em: 15/04/2024 09:30:10 - Atualizado

PORTO VELHO-RO: Em 2008, ano em que Porto Velho passava por uma fase próspera e agitada na construção civil, provocada pela construção das usinas hidrelétricas do rio Madeira, nascia o primeiro shopping center da capital: o Porto Velho Shopping (PVS). A construção do empreendimento foi uma aposta da empresa Ancar Ivanhoe, que, através de uma pesquisa de mercado, identificou a necessidade de um shopping center em Rondônia. O PVS abriu as portas com 140 lojas em funcionamento, e um espaço de 29 mil metros quadrados (m²).

Quase 16 anos depois, o shopping soma mais de 200 lojas, uma estrutura física de 44 mil metros quadrados e um fluxo de 700 mil pessoas por mês. Números atraentes que chamam a atenção de investidores, destacam a movimentação econômica promovida pelo empreendimento, e comprovam que o local cresceu junto com a cidade.

“Nós estamos indo para o 16º ano e esse shopping é o começo de uma parceria com o primeiro fundo de investimentos que a Ancar traz para o Brasil, que é um fundo canadense. O Porto Velho Shopping tem grande porte, um dos shoppings que mais está em crescimento e desenvolvimento, dos 25 que a Ancar possui no Brasil. A nossa proposta é cada vez mais transformar esse empreendimento em um shopping de Rondônia, e não somente em um shopping de Porto Velho”, explica o superintendente do PVS, Cássio Mendonça. 

Cerca de R$ 10 milhões são investidos anualmente pela Ancar no Porto Velho Shopping. Um dos movimentos mais significativos veio com a expansão da praça de alimentação, em 2013. A partir desse ano, a empresa se consolidou trazendo marcas que os consumidores desejavam, e que tinham, segundo pesquisas, potencial de crescimento na capital.

Cássio compartilha que, em meio ao desenvolvimento econômico do município e ao crescimento do PVS, a empresa passou a planejar um ciclo da alta gastronomia, com a proposta de criar operações dentro do shopping, visando a desaceleração do consumidor, e a inserção de experiências de lazer além das compras.

“A gente começou a pensar muito mais forte na gastronomia, nosso primeiro teste foi trazer um grande restaurante, um gastrobar que é o Bahrem, que em um ano acaba expandindo e dobrando de tamanho, e agora a gente traz a grande cereja do bolo que é o Outback, a marca mais pedida em todas as pesquisas que a gente fez no Porto Velho Shopping e inaugura em junho”.

Para a criação do espaço de entretenimento familiar, cerca de R$ 18 milhões serão aplicados. O valor é destinado à construção de uma alameda de gastronomia no acesso A, onde está localizada a entrada do PVS. O local terá seis operações de alimentação, sendo três restaurantes de grande porte e três operações de alimentação de pequeno porte, acompanhada de uma operação de parque de diversão de 1.200 metros quadrados.

“Para este ano, essa é a grande surpresa que nós vamos entregar, é o investimento do ano do shopping, com previsão para inauguração em novembro deste ano. Nós também queremos fortalecer o shopping como serviço, e temos o projeto de torres comerciais. A primeira é uma torre de 13 andares de serviço, com salas comerciais, lajes comerciais e um equipamento de serviço para fazer essa composição. A outra torre está planejada para nascer no futuro”.

EVENTOS

O superintendente também compartilhou que, além dos planos na área de gastronomia e serviços, o PVS também está se consolidando como casa de eventos e shows.

“Esse é um projeto que a gente quer viabilizar e construir a nossa casa de eventos, que é o nosso centro de convenções. Este ano nós acolhemos o show da Manu Batidão, e teremos dois shows pela frente de DJs renomados, além de uma programação de eventos culturais. Enquanto nós não transformarmos o shopping em um comportamento de cidade, nós não vamos parar de investir em Porto Velho”.

NOVOS INVESTIDORES

O aumento do fluxo de consumidores tem fomentado a abertura de novas lojas no shopping, desde restaurantes e entretenimento até serviços de saúde. A demanda proporciona oportunidades de negócios para empreendedores locais e também para investidores de outras regiões, como é o caso do casal Andressa e Otávio Prevedello, que veio do interior do Amazonas para abrir uma franquia de sorvetes no local.

“Eu sou de Rondônia, nasci em Cerejeiras, e o Otávio é de São Paulo. Nós morávamos nos Estados Unidos e voltamos para o Brasil em 2012 para empreender em uma padaria no interior do Amazonas. Nosso plano era ficar lá por dois anos, e nós ficamos 12 anos, mas chegou o momento que a gente viu que era a hora de buscar novas oportunidades, e foi quando surgiu a possibilidade da franquia, e nosso plano era implantar o negócio em São Paulo”.

Com planos de abrir o local na região Sudeste, o casal recebeu a proposta de abrir a loja na capital, e foi quando eles mudaram os planos. “Uma funcionária da área comercial do shopping nos ligou e falou que tinha um lugar legal para montar a loja aqui. Porto Velho nunca foi nosso primeiro plano, apesar de sempre estarmos aqui, e nossas filhas terem nascido aqui. Mas aí a vontade começou a brotar dentro do nosso coração, e quando nós olhamos a loja já imaginamos e idealizamos como ficaria, e decidimos vir para Porto Velho, e eu acho que foi a melhor coisa que a gente fez na nossa vida”, comemorou.

PARCERIA COM A PREFEITURA DE PORTO VELHO

Desde sua fundação, o Porto Velho Shopping mantém uma parceria sólida com a Prefeitura de Porto Velho. Em 2008, a Ancar assumiu a criação do Parque da Cidade como compensação para minimizar eventuais impactos ambientais causados à cidade. A área de 55 mil metros quadrados é administrada pelo município, e se tornou um dos espaços de turismo e lazer favoritos do porto-velhense. O local chama ainda mais atenção durante o Natal Porto Luz, com programação e decoração natalina realizadas anualmente pela Prefeitura.

A parceria, que nasceu com o Parque da Cidade, se estabeleceu ao longo dos anos, e o Shopping se tornou um espaço utilizado pela Prefeitura para promover eventos e campanhas voltadas às áreas de saúde, turismo e serviços.

Campanha de Vacinação

Em 2021, o Porto Velho Shopping foi um dos pontos de vacinação definidos pela Secretaria Municipal de Saúde (Semusa) para atender a população durante a pandemia do coronavírus. O local foi escolhido para receber o público que não poderia se dirigir às unidades de saúde do de Porto Velho durante o horário de funcionamento, que é de segunda a sexta-feira, das 8h às 18h. Na ocasião, o shopping atendeu a população em horários estendidos e finais de semana. Cerca de 138 mil imunizantes foram aplicados no local durante o ano.

No ano seguinte, o PVS também prestou apoio sendo um dos pontos de imunização durante o “Dia D de vacinação”, que reuniu as vacinas da Campanha Nacional de Multivacinação. No período de janeiro a outubro de 2022, mais de 94 mil vacinas foram aplicadas.

Recentemente, em uma nova campanha de vacinação realizada em fevereiro deste ano, o Porto Velho Shopping foi um ponto de vacinação escolhido pela Semusa para ofertar os imunizantes contra a gripe e a covid-19.

Estação Turismo

Na área de turismo, ambos têm trabalhado juntos para promover a cidade como um destino turístico atrativo. Uma das iniciativas foi realizada através do “Estação Turismo”, cuja segunda edição foi realizada no PVS, para proporcionar aos moradores e turistas a oportunidade de conhecer um material enriquecedor de promoção do turismo da capital.

Quem passou por lá conferiu de perto a exposição de quadros do artista plástico Mikeliton Alves, a cenografia da casa beradeira, televisões touch com vídeos do Lago do Cuniã e do baixo Madeira, além de degustação da culinária local, apresentações de artistas, palestras, workshops e painéis, todos voltados para a temática beradeira.

Feira de Agricultura Familiar

Outra área fomentada, foi a agricultura familiar, através da Feira de Agricultura Familiar, promovida pela Secretaria Municipal de Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Semagric). Cerca de 20 produtores comercializam no shopping produtos variados, como polpas de frutas, licores e doces artesanais, mel e derivados e artesanato.

Beramadeira

O Porto Velho Shopping também realiza o "Arraial Beramadeira - O São João de Rondônia", que, em 2024, vai para a terceira edição e ocorre entre os dias 5 e 14 de julho. O evento já faz parte do calendário municipal de festas juninas, atraindo cerca de 60 mil pessoas em sua última edição. No ano passado também ocupou uma área de 7.000m², quase o dobro do espaço da primeira edição. Graças ao sucesso do primeiro Beramadeira, em 2023 o número de operações precisou ser duplicado, passando de 24 para 48, com uma variedade ainda maior de produtos e serviços típicos das festas juninas. A edição deste ano promete ser ainda melhor. O evento conta com o apoio da Prefeitura de Porto Velho, por meio da Fundação Cultural de Porto Velho (Funcultural).

Natal Sem Fome

A campanha Natal Sem Fome, realizada em Rondônia pela Ancar Ivanhoe em parceria com a Ação Cidadania, por meio do Porto Velho Shopping, atingiu um marco histórico ao arrecadar 11,5 toneladas de alimentos não perecíveis. Este número não apenas superou a meta inicialmente estabelecida de 10 toneladas, mas também representa a maior captação de donativos já registrada no estado.

Ao todo, 783 famílias são beneficiadas através de instituições, como o Núcleo de Apoio à Criança com Câncer (NACC), Associação Luz do Alvorecer, Associação Pestalozzi e o Centro Social Madre Mazzarello (Cesmazza). Foi o sexto ano consecutivo que o Porto Velho Shopping participou da ação.






Fale conosco