• Fundado em 11/10/2001

    porto velho, sábado 15 de junho de 2024

O Dia na História - compilação do jornalista Lúcio Albuquerque


Redação

Publicada em: 09/06/2024 12:28:54 - Atualizado

RONDÔNIA

1946 – Dezenas de novas construções particulares, em Porto Velho, mudam “a cara” da cidade, além de outras feitas pelo poder público, como no Bairro Caiari.

1946 – O Território do Guaporé tem seu 2º governador, Joaquim Vicente Rondon.

1954 – Pela 1ª vez em Porto Velho foram definidos locais para realização de comícios, conforme portaria assinada pelo delegado-geral Joaquim Cesário.

1953 – O presidente Getúlio Vargas libera 12,2 milhões de cruzeiros para novas obras da rodovia de Porto Velho/Cuiabá. (VER FOTO DO DIA)

1970 – Ato do presidente Emílio Médici extingue o Ibra e em seu lugar cria o Incra, ampliando as responsabilidades do órgão anterior.

1975 – Humberto da Silva Guedes assume o governo do Território, no cargo até abril de 1979.

1976 – Sem padrão técnico de zootecnia ou calendário de vacinação, o rebanho bovino do Estado é o de pior qualidade do país, denuncia Vicente Moura, presidente da Faeron.

1990 – Dez presos pela PF numa investigação de venda de drogas dentro de colégios da capital, com apreensão de motos, drogas e armas.

HOJE É
Dia do Porteiro. Dia Mundial do Tênis. Dia Nacional de Anchieta. Dia Internacional dos Arquivos.
Católicos celebram São José de Anchieta, São Primo e São Feliciano – mártires, São Efrém, Beata Ana Maria Taigi,

BRASIL
1880 – Fundada a Sociedade Brasileira Contra a Escravidão. 1597 — Morre o padre São José de Anchieta (n. 1534), um dos fundadores da cidade de São Paulo.

MUNDO
69 dC – Morte do imperador romano Nero Cláudio César Augusto Germânico, o Nero.
1967 — Guerra dos 6 Dias: Israel captura as colinas de Golã da Síria.

FOTO DO DIA

A 364 QUASE CENTENÁRIA (I)

Em janeiro do ano que vem a mais importante BR da Amazônia, a 29, atual 364, que dá à região uma via de acesso (ida e volta) ao resto do país, vital para o surgimento do Estado de Rondônia, completa 64 anos de inaugurada.

Sua história começa muito antes e, com algumas correções, seu traçado seguiu a trilha aberta por Rondon, na implantação do sistema de telégrafo que interligou Porto Velho ao Rio de Janeiro, via Cuiabá.
Até 1937, quando o diretor da Madeira-Mamoré Aluízio Ferreira, com recursos do Governo Vargas, iniciou a abertura de uma estrada de Cuiabá a Porto Velho – que Getúlio Vargas visitou durante sua vinda a Porto Velho em 1940.

Antes, comboios de seringais já conduziam seus produtos das sedes a Porto Velho, e vice-versa, usando como referência os postes telegráficos.

Em 1945 foi instalada em Porto Velho a 2ª Cia Rodoviária/EB, desativada em 1946 e cujo fato mais famoso, foi o desaparecimento do tenente-engenheiro Fernando Oliveira, o que envolve “n” fatores.

Foto: Aluízio mostra a Vargas o traçado da BR, onde hoje é a Embrapa (Acervo e colorização/Luís Claro)



Fale conosco