• Fundado em 11/10/2001

    porto velho, quinta-feira 30 de maio de 2024

Nova fiscalização do TCE identifica falta de plantonistas no hospital João Paulo II

O caso foi levado ao conhecimento da administração estadual, que é a responsável pelo gerenciamento da unidade hospitalar.


Redação

Publicada em: 12/04/2024 14:16:42 - Atualizado

Foto: Assessoria

PORTO VELHO, RO: Em nova fiscalização, o Tribunal de Contas do Estado de Rondônia (TCE-RO) identificou a falta de plantonistas para o atendimento à população no Hospital de Pronto-Socorro João Paulo II.

A ação foi realizada nesta quinta-feira (11/4) e mobilizou auditores do TCE-RO.

A situação já foi apontada em outras fiscalizações recentes, dentro do trabalho de monitoramento do Tribunal de Contas para a efetivação da melhoria do serviço prestado na área da saúde pública, em todo o estado.

O caso foi levado ao conhecimento da administração estadual, que é a responsável pelo gerenciamento da unidade hospitalar.

AUSÊNCIA DE MÉDICOS

Durante a fiscalização, foi constatada ausência de médicos, em descumprimento da carga horária estabelecida. E, além disso, trazendo prejuízos ao efetivo atendimento na unidade.

Outro problema: profissional de saúde de sobreaviso que, quando acionado pela equipe do hospital, não atendeu. Isso pode levar a atrasos críticos em decisões de tratamentos e cuidados urgentes.

Diante do problema, o TCE encaminhou relatório à gestão estadual. Nele, os auditores destacam a importância da aplicação de medidas imediatas para garantir que os cidadãos tenham acesso a serviços de saúde de qualidade.

Nesse aspecto, a colaboração e o comprometimento da gestão são fundamentais e estão em alinhamento com a forma de atuação do TCE-RO, identificando problemas e buscando solucioná-los de modo efetivo e ágil, por meio do diálogo e da cooperação.


Fale conosco