RONDONOTICIAS sexta-feira, 14 de maio de 2021 - Criado em 11/10/2001

Paramédico de 29 anos é queimado vivo em ataque homofóbico

O homem ficou com queimaduras em 85% do corpo e acabou não resistindo.


uol

Publicada em: 03/05/2021 11:46:19 - Atualizado

MUNDO: Normunds Kindzulis, de 29 anos, morreu depois de ter sido atingido por um produto inflamável. O homem ficou com queimaduras em 85% do corpo e acabou não resistindo.

Um outro homem, amigo de Normunds, sofreu também ferimentos quando tentou ajudar o amigo. E teria sido este a denunciar o crime às autoridades, revelando que se tratava de um ataque motivado pela sexualidade da vítima.

A vítima foi queimada viva na porta de casa e o agressor é um vizinho que não concordava com os ideais da vítima, ativista LGBT (lésbicas, gays, transexual).


MATÉRIAS - DENÚNCIAS - VÍDEOS - FOTOS

Fale com a redação do Rondonotícias redacao@rondonoticias.com.br