• Fundado em 11/10/2001

    porto velho, domingo 23 de junho de 2024

​NOVIDADE NAS ELEIÇÕES: Héverton Aguiar e Bosco da Federal saem com chapa puro sangue


Rondonoticias

Publicada em: 27/11/2017 11:43:20 - Atualizado



PORTO VELHO, RONDÔNIA - Uma chapa, considerada puro-sangue, composta pelo ex-procurador geral do Ministério Público de Rondônia, Héverton Aguiar, como cabeça de chapa, e o ex-vereador e representante político dos policiais federais, Bosco da Federal, no cargo de vice, pelo partido PODEMOS, pode ser a grande novidade na corrida eleitoral para governo de Rondônia, no ano que vem.

Escorados no chavão de mudança, desejado pelo eleitor, tanto Héverton como Bosco da Federal, são fichas limpas e com vigoroso trabalho de combate à corrupção em suas vidas pregressas.

Em meio ao turbulento momento da política com sucessivas denuncias e prisões de agentes públicos por corrupção, Aguiar e Bosco estão cada vez mais alinhados ideologicamente no quesito moralidade pública, por isso a chapa montada pelo “PODEMOS’, vem ganhando força a cada dia no meio popular rondoniense.

Com a direção nacional do senador Álvaro Dias, o PODEMOS, antigo PTN é uma legenda foi oxigenada e que vem se fortalecendo aos poucos e promete uma representatividade nacional massiva em 2018.

Formado em direito, Bosco da Federal que já exerceu cargos como secretário de justiça e presidente do IPAM – Instituto de Previdência do Município de Porto Velho, atualmente é suplente de vereador na capital e desempenha atividades na associação dos policiais federais em Rondônia.

O convite para integrar as fileiras da legenda, ao ex-policial federal, veio pessoalmente do principal nome da sigla, o presidenciável Álvaro Dias. A legenda já conta inclusive com nomes como o senador Romário, que promete ser candidato pelo PODEMOS ao governo do Rio de Janeiro.

Já Héverton Aguiar continua desempenhando sua função na promotoria que fiscaliza os direitos das mulheres em Rondônia e fez história como promotor à frente do Ministério Público, liderando a prisão de diversos bandidos do colarinho branco e destruindo quadrilhas especializadas em roubar dinheiro público e vem sentindo agora o apelo popular pela sua candidatura, em vista do trabalho realizado.

Confirmada a dobradinha Héverton Aguiar e Bosco da Federal no PODEMOS, as eleições 2018 em Rondônia poderão tomar um rumo totalmente inesperado, já que o eleitorado vem demonstrando desejo de justiça em apoio às operações de combate à corrupção, que certamente seriam fortalecidas com gestores executivos e congressistas ligados à elas.

Em uma campanha que promete ser repleta de baixarias entre candidatos enlameados por denuncias de roubo ao erário, nomes como Héverton Aguiar e Bosco da Federal se tornam uma opção de moralidade e protesto eleitoral contra aqueles que surrupiaram o dinheiro público e acham que fazer política é um meio de vida para ganhar dinheiro, às custas do sofrido suor do povo rondoniense.


Fale conosco