• Porto Velho

    sexta-feira 30 de julho de 2021

TC manda paralisar processo do HEURO e sanar irregularidades

Valdivino Crispim de Souza abriu prazo de cinco dias para que o governador e o secretário comprovem a adoção da deliberação junto à Corte de Contas


Com inf. do rondoniadinamica

Publicada em: 21/07/2021 18:13:39 - Atualizado


Porto Velho, RO – Em decisão tomada na última terça-feira (20), o conselheiro Valdivino Crispim de Souza apresentou série de determinações ao governador Coronel Marcos Rocha, sem partido; ao secretário de Saúde (Sesau/RO) Fernando Máximo e a Ian Barros Mollmann, Presidente da Comissão Especial de Licitação do HEURO (CELHEURO).

Crispim pede que eles “se abstenham de adjudicar, homologar ou contratar o objeto do RDC n. 001/2021/CELHEURO/SUPEL junto ao consórcio VIGOR TURÉ [...]”.

Na prática, o Tribunal de Contas (TCE/RO) paralisou os atos de contratação do consórcio responsável pela construção do Hospital de Urgência e Emergência (HEURO) em Rondônia.

Isto, ao menos até que a Corte de Contas decida posteriormente nos autos favoravelmente ao prosseguimento do negócio entabulado e as eventuais irregularidades apontadas pelo Corpo Técnico sejam sanadas.

A Corte de Contas também mandou marcar audiências com todos os responsáveis pelo processo para que apresentem razões de defesas em cada suposta irregularidade apontada.

CLIQUE AQUI E CONFIRA A DECISÃO


MATÉRIAS - DENÚNCIAS - VÍDEOS - FOTOS

Fale com a redação do Rondonotícias redacao@rondonoticias.com.br