• Fundado em 11/10/2001

    porto velho, quarta-feira 6 de julho de 2022

Homem é preso por matar e enterrar corpo de mulher no quintal de casa no Rio de Janeiro

Preso chegou a registrar desaparecimento dar suporte à família de Ana Julia Alvarenga durante as investigações


R7

Publicada em: 19/05/2022 09:56:44 - Atualizado


BRASIL - Um homem foi preso em flagrante acusado de matar sua companheira, a professora Ana Julia Matias Thurler de Alvarenga, de 22 anos, e enterrar o corpo dela no terreno onde moravam. De acordo com agentes da 58ª DP (Posse), o crime ocorreu entre a noite de segunda-feira (16) e a manhã de terça-feira (17) no bairro de Corumbá, em Nova Iguaçu.

Ainda segundo a polícia, durante toda a investigação ele fingiu ajudar a família a encontrá-la. Na terça, parentes da jovem estiveram na delegacia junto com o acusado para informar o desaparecimento dela. A partir de informações incoerentes no relato do companheiro, os policiais realizaram busca por imagens, acompanhamento do celular da vítima e foram até a casa deles.

Após as ações, na quarta-feira (18) o homem foi ouvido novamente e foi confrontado com os dados obtidos pela polícia, que incluíam a atividade do cartão de passagem e a localização do celular de Ana Julia, que apontavam que ela havia estado em casa após sair da escola onde trabalhava.

De acordo com a Civil, o preso negou todas as evidências. Durante o depoimento, familiares receberam ligação de outros parentes dizendo que o corpo podia estar enterrado no quintal da casa onde ele morava com a vítima, que passava por obras.

O corpo de Ana Julia foi achado quando os agentes chegaram no local. Uma perícia foi solicitada e a DHBF (Delegacia de Homicídios da Baixada Fluminense) foi acionada.

O autor foi autuado por feminicídio e ocultação de cadáver e será encaminhado ao sistema prisional, onde ficará à disposição da polícia.