• Fundado em 11/10/2001

    porto velho, sábado 13 de julho de 2024

Governo pode comprar hospital por 50 mi em Porto Velho; negócio em andamento

O Governo de Rondônia e a direção do Hospital das Clínicas de Porto Velho estão conversando sobre uma possível compra do hospital...


Sérgio Pires

Publicada em: 18/06/2024 08:05:34 - Atualizado

foto divulgação

O assunto está sendo tratado com muito sigilo. Não há muitas informações ainda, exatamente por isso. O que está acontecendo é que o Governo de Rondônia e a direção do Hospital das Clínicas de Porto Velho estão conversando sobre uma possível compra do hospital por parte do Estado. O secretário da Sesau, Coronel Jeferson Rocha, já visitou o prédio, conheceu a estrutura e o assunto está em andamento. Tanto o secretário como os técnicos da Sesau também visitaram outros hospitais privados da capital, porque a intenção é ter atendimento especial para a traumatologia, principalmente de acidentados no trânsito. “São entre 20 e 30 acidentes todos os dias, com muita gente necessitando de atendimento traumatológico”, diz Jeferson Rocha, destacando a premência de uma solução imediata, dada a impossibilidade e o tempo necessário, por exemplo, para se construir um novo prédio e equipá-lo. Há necessidade de uma solução urgente. Por que a preferência pelo Hospital das Clínicas? Porque ele estaria à venda há algum tempo. O valor do negócio poderia chegar a 50 milhões de reais.

Os valores ainda estão sendo discutidos, o que também foi confirmado por uma fonte do mercado imobiliário. Localizado na rua João Goulart, próximo à Pinheiro Machado, região central de Porto Velho, o Hospital das Clínicas é dirigido por um grupo de médicos entre os mais conhecidos, atendendo várias especialidades. Dentro do próprio governo há quem considere o negócio muito positivo para o sistema de saúde, embora haja quem ache que o valor deve ser ajustado. Por enquanto, todas as conversas são internas. O governo de Rondônia já comprou um hospital (o antigo Regina Pacis) no centro de Porto Velho, no auge da pandemia. Enquanto outros Estados faziam negociações milionárias com hospitais de campanha, Rondônia adquiriu um hospital completo que está sendo ampliado por apenas 12 milhões de reais, três a quatro vezes menos do que os negócios dos hospitais de campanha, que foram desmontados pouco depois da pandemia, enquanto o nosso continuará atendendo a população por décadas. A compra do Hospital das Clínicas, caso ocorra, dependerá ainda de várias negociações e de autorizações dos órgãos de controle e da avaliação da Sepat, a secretaria que analisa o valor dos imóveis. Caso as conversações prossigam, porque não se sabe o estágio em que estão, tudo deve demorar ainda alguns meses. Mas o negócio estaria em andamento…


Fale conosco