• Fundado em 11/10/2001

    porto velho, terça-feira 23 de julho de 2024

Nível do Rio Madeira cai para 4,17 metros e monitoramento do Porto é reforçado

Seca de 2024 promete ser mais severa que a do ano anterior, Porto aguarda posição da Marinha sobre navegação noturna...


Redação

Publicada em: 21/06/2024 14:48:29 - Atualizado

Foto: G1


PORTO VELHO, RO: A Sociedade de Portos e Hidrovias de Rondônia (Soph) intensificou o monitoramento do Rio Madeira após o nível das águas atingir 4,17 metros na última quarta-feira (19). As previsões indicam que a seca deste ano será ainda mais rigorosa do que a enfrentada em 2023.

Medidas preventivas e de vigilância estão sendo reforçadas enquanto o porto aguarda a decisão da Marinha sobre a possível proibição da navegação noturna. Essa restrição é geralmente aplicada quando o nível do rio fica abaixo de 4 metros.

Embora o período mais crítico da seca esteja previsto para outubro, as empresas que operam no porto já estão ajustando suas operações. As embarcações e o transporte de cargas pelo rio estão sendo adaptados para enfrentar as condições adversas esperadas.

Dados recentes mostram que, no dia 19 deste mês, o nível do Rio Madeira era de 4,17 metros, em contraste com os 9,9 metros registrados na mesma data em 2023. Em outubro do ano passado, o rio chegou ao nível mais baixo em 50 anos, atingindo apenas 1,10 metro. Mesmo assim, a navegação continuou com restrições, como a redução das cargas pela metade e a proibição da navegação noturna.

A Soph está colaborando com a Federação Nacional das Empresas de Navegação (Fenavega) e a Agência Nacional de Transporte Aquaviário (Antaq) para monitorar as condições e identificar possíveis agravamentos. Além disso, a Soph mantém contato com a operadora da usina hidrelétrica do rio Madeira para analisar a vazão de água e os impactos nas áreas adjacentes à barragem.


Fale conosco