• Fundado em 11/10/2001

    porto velho, quinta-feira 13 de junho de 2024

DESINTERESSADO: Governo brasileiro finge não enxergar drama dos venezuelanos em Roraima


Rondonoticias

Publicada em: 09/05/2018 09:19:26 - Atualizado

BRASÍLIA: “Michel Temer agora botou na cabeça que fez emdois anos o que seus antecessores demorariam 20 para fazer.”. É assim que o jornalista Augusto Nunes, da Jovem Pan, define a situação do presidente Michel Temer, com relação ao seu governo.

O jornalista destaca que essa visão está impedindo que o governo tome iniciativas importantes para o desenvolvimento do país, bem como tome para si a responsabilidade com a situação dos imigrantes venezuelanos que estão invadindo o Brasil, fugindo da ditadura bolivariana que impera no país vizinho.

“Deve ter sido por isso que não lhe sobrou tempo para saber que Roraima faz parte do Brasil e faz fronteira com uma Venezuela em decomposição, lembra Augusto Nunes em seu comentário final ao Jornal da Manhã.

Nos últimos três anos 50 mil fugitivos do pesadelo bolivariano se refugiaram no menos populoso Estado da federação brasileira. Roraima tem cerca de 500 mil habitantes.

Neste espaço de tempo, a União autorizou um único repasse de verbas para ajudar Roraima a enfrentar o drama dos refugiados. Em 2017, foram liberados R$ 480 mil destinados a reduzir a escassez de alimentos e gás dos abrigos improvisados.

“É menos do que Romero Jucá, senador por Roraima, embolsa por fora a cada trimestre”, concluiu.


Fale conosco