• Fundado em 11/10/2001

    porto velho, segunda-feira 15 de abril de 2024

O Dia na História - Compilação do Jornalista Lúcio Albuquerque


Lúcio Albuquerque

Publicada em: 16/02/2024 10:22:19 - Atualizado

1922 – O advogado Gomes Coutinho é o novo promotor de Justiça da comarca de Porto Velho.

1949 – Na posse da Associação Médica do Guaporé, um momento de reflexão: o discurso do médico Ary Pinheiro louvando todos os que, mesmo sob condições mínimas, conseguem atuar de forma humana. (FOTO DO DIA)

1982 – Os novos aspirantes a oficial da Polícia Militar incorporados ontem, durante a aula inaugural da adaptação, ouviram do comandante coronel Magalhães: “Usem a inteligência, ao invés da violência, em suas ações.

1987 – O Conselho Indigenista Missionária – Cimi denuncia que terras das reservas uru-eu-uau-uau e zoró estão sendo invadidas por madeireiros ou “gatos” que vendem terras não regulamentadas.

1990 – A deputada Odaísa Fernandes anuncia uma comissão especial de inquérito para apurar o que ela classifica de “processo de destruição do Hospital de Base”.

HOJE É

Dia Nacional do Repórter.

Católicos celebram Santa Juliana da Nicomédia, Santa Filipa Mareri, Santo Onésimo,

BRASIL

1822 – O regente Pedro I “Crêa o Conselho de Procuradores Geraes das Provincias do Brazil” – ortografia original. 1630 — Tropas holandesas conquistam Olinda e depois Recife, que se tornam parte da Nova Holanda. 1958 – Nasce uma lenda do basquete, Oscar Schmidt.

MUNDO

1961 — Os EUA lançam o Programa Explorer 9. 2005 — Entra em vigor o Protocolo de Quioto após a sua ratificação pela Rússia.

FOTO DO DIA

DR. ARY - ALÉM DA MEDICINA

Fundador da a Academia de Letras de Rondônia (ACLER), da qual ocupava a cadeira número 1, Ary Tupinambá Pena Pinheiro, com pouco mais de 24 anos veio de sua terra natal, Pará, médico recém-formado, para o então município de Porto Velho (AM) e a seguir foi exercer sua profissão em Guajará-Mirim (MT).

Em 1944, instalado o Território do Guaporé, ele ganhou uma nova terra, que em 1956 passou a ser Rondônia. Dr. Ary (e seus vizinhos médicos Hamilton Raulino Gondim e Lourenço Antônio Pereira Lima) ficaram reconhecidos “pela prática da medicina como sacerdócio”.

Na sessão da ACLER pelos 100 anos de seu nascimento, dele disse seu ex-aluno Viriato Moura, que estudou Medicina por influência do Dr. Ary – ele e outros alunos, como o ex-governador Osvaldo Piana

Mas o médico Ary Pinheiro (FOTO), patrono do maior hospital da região, o “Hospital de Base”, não ficaria só na Medicina. Foi escritor, pesquisador, antropólogo, etnólogo, professor, jornalista, ecologista, “um homem de (mais que) 7 instrumentos)


Fale conosco