• Fundado em 11/10/2001

    porto velho, quinta-feira 22 de fevereiro de 2024

Revista Bem Viver chega à terceira edição e conta com artigo de presidente do TJRO

A publicação integra projeto de sustentabilidade capitaneado pela Comarca de Pimenta Bueno.


TJRO

Publicada em: 14/02/2024 16:46:33 - Atualizado

Foto: TJRO

RONDÔNIA: Com periodicidade bimestral, a revista “Bem Viver: compartilhando Saberes”, uma publicação que integra o projeto Liga do Bem Viver do TJRO, chega à sua terceira edição e tem como destaque um artigo do presidente do Tribunal de Justiça de Rondônia, desembargador Raduan Miguel Filho, intitulado “Tutela Ambiental: entre a extensão dos direitos da natureza e desafios jurídico-culturais”.


Lançada no primeiro semestre de 2023, a Liga do Bem Viver é um projeto que surgiu na Comarca de Pimenta Bueno, com o intuito de disseminar práticas saudáveis e sustentáveis entre o público interno, em integração com a comunidade. Como as ações propostas estão alinhadas com o Plano de Logística Sustentável – PLS, o projeto da Liga imediatamente acolhido pelo TJRO.

A revista corporativa é um dos produtos dessa grande mobilização pela natureza e pela qualidade de vida. Produzida por servidores e servidoras da Comarca, conta sempre com colaboradores de renome para propor reflexão e difusão de ideias que promovam o bem-estar e a integração ambiental.

Também no terceiro número, lançado agora em fevereiro, a mensagem do psicólogo Leandro Missiato, coordenador da Liga, é um alerta sobre o distanciamento do homem com relação à natureza. “Longe de uma ética ecocêntrica, fundamos a sociedade de costas para a Natureza, cujas estruturas centraram-se na perspectiva e necessidades puramente humanas”, opina.

A revista conta ainda com o artigo do professor Jelson Oliveira, da PUC do Paraná, sobre o filósofo alemão Hans Jonas, que propõe uma junção de pensamento entre Filosofia e Biologia. Ivaneide Bandeira, ativista pelos direitos indígenas e meio ambiente, denuncia a ameaça ao território Uru-eu-wau-wau. “O certo é que vivendo emergências climáticas, o Brasil, os governos, os políticos e a população precisam se permitir verem a importância das terras indígenas para melhoria da qualidade do clima e da vida”.

A psicóloga da Divisão de Saúde do TJRO, Iuna Sapia, chama a atenção para a saúde mental, no “Janeiro Branco”, mês de mobilização para o cuidado com o equilíbrio psíquico.

A liderança indígena Gasodá Suruí concedeu uma entrevista, na qual evidenciou seu perfil e a rica história de seu povo, que reside na aldeia Paiter, linha 9, em Cacoal. “Se você quer ser gente de verdade, você tem que respeitar teu próximo, independente da cultura, do modo de vida, seja branco, indígena, preto”, defende.

Ainda colaboram com a edição Almério Câmara Gusmão, doutor em biodiversidade, Anderson Ricardo Martins, psicólogo do Núcleo Psicossocial e Carlos Tuyama, fotógrafo.

A “Bem Viver: compartilhando Saberes” publica textos autorais em diversas modalidades (críticos, literários, fotográficos e poéticos), que estejam alinhados à missão e valores do TJRO. Os interessados em contribuir com a publicação podem entrar em contato pelo e-mail leandro.aparecido@tjro.jus.br

Baixe gratuitamente a revista acessando a página de sustentabilidade do TJRO.


Fale conosco