• Fundado em 11/10/2001

    porto velho, terça-feira 23 de julho de 2024

O Dia na História - Compilação do Jornalista Lúcio Albuquerque


Lúcio Albuquerque

Publicada em: 06/11/2023 11:14:27 - Atualizado

1919 – A indefinição dos limites entre os estados do Amazonas e Mato Grosso, vai agora ser decidida pelo STF.

1949 – Uma urna com um jornal “Alto Madeira”, moedas e a ata da sessão de lançamento da pedra fundamental do Fórum de Justiça, “Dr. Ruy Barbosa”, em Porto Velho foi enterrada no local da obra.

1958 – Paulo Nunes Leal toma posse como governador do Território.

1968 – Depois de 30 anos na função, o capitão Alípio da Silva deixa o cargo de Delegado da cidade de Guajará-Mirim.

1983 – O diretor do Infraero em Porto Velho, Clóvis Rohr, anunciou que a pista do aeroporto Belmont vai ser ampliada para que possa receber jatos maiores.

COMEMORE

Dia Nacional do Riso. Dia internacional para a prevenção da exploração do meio ambiente em tempos de guerra e conflito armado. Dia do Saxofonista. Dia Nacional do Amigo da Marinha do Brasil.

Católicos celebram São Leonardo de Noblac, Eremita. São Nuno de Santa Maria. São Martinho, São Paulo, o Confessor.

BRASIL

1888 — Em sua 2ª visita à Basílica de Aparecida, a Princesa Isabel ofertou à santa uma coroa de ouro cravejada de diamantes e rubis, e um manto azul. 1964 – O congresso nacional aprova um projeto de reforma agrária.

MUNDO

1916 – Nasce Ray Conniff (m. 2002), arranjador, líder de orquestra que levava seu nome. 1962 — A ONU aprova uma resolução condenando as políticas de apartheid da África do Sul.

FOTO DO DIA

UM PRÉDIO, MUITAS HISTÓRIAS

Bem no centro comercial de Porto Velho, um prédio foi sede de diversos órgãos, iniciando em 1917, quando o primeiro prefeito eleito do município, Joaquim Augusto Tanajura, junto a outros empreendedores, adquiriu o equipamento do jornal “O Município”, instalando-os em outro local, agora com outro título “Alto Madeira”.

O prédio foi construído na esquina das ruas Prudente de Mores com 7 de Setembro, pelo “empresário extrativista Jovino Lemos, o qual ao contrário dos que aplicavam o capital aqui adquirido investindo fora de Porto Velho, Jovino os empregava aqui mesmo, “colaborando no seu desenvolvimento urbanístico” (*).

No “Jovino” funcionaram a primeira sede, de 1917 a 1943 até ser transferido para a Rua Barão do Rio Branco, do jornal Alto Madeira, cuja última edição (FOTO) foi em 2017, além Delegacia Regional do Departamento Nacional de Imigração (1943/45) e o Banco da Borracha (1943/53), conforme o professor Abnael Machado.


Fale conosco