• Fundado em 11/10/2001

    porto velho, quarta-feira 22 de maio de 2024

O Dia na História - Compilação do Jornalista Lúcio Albuquerque

Dia Nacional do Diretor de Escola. Dia Nacional do Supermercado. Dia do Pantanal


Redação

Publicada em: 12/11/2023 10:19:13 - Atualizado



O DIA NA HISTÓRIA

12.11.23 – BOM DIA!

Lúcio Albuquerque

69 99910 8325

RONDÔNIA

1916 – Circula o PUN! “Semanário independente, comercial e humorístico e de propaganda”, da firma Irmãos Rozas” de Porto Velho.

1925 – O Centro Recreativo “Vespasiano Ramos” inaugurou no cemitério dos Inocentes, presentes autoridades e convidados, o túmulo do patrono, construído com apoio da colônia maranhense.

1967 – O novo prefeito de Porto Velho, Irineu Martins Faria queimou cartas, anônimas, acusando seus assessores. A prática de cartas anônimas, era comum naqueles tempos de cutubas x peles curtas.

1978 – A empresa Fischer, de Ariquemes, faz a primeira exportação de Cacau produzido em Rondônia: 500 sacas compradas pela Alemanha.

1990 – O Jornal Alto Madeira republica entrevista publicada dia 14.10, em que o então candidato ao Governo Olavo Pires garantiu que, se não fosse ao returno da eleição, votaria no candidato Osvaldo Piana.

COMEMORE

Dia Nacional do Diretor de Escola. Dia Nacional do Supermercado. Dia do Pantanal. Dia Mundial da Pneumonia. Dia Nacional de Prevenção das Arritmias Cardíacas e Morte Súbita. Dia Mundial do Hip Hop.

Católicos celebram Santo Josfat Kunsevycst, São Diego,

BRASIL

1823 – O imperador D. Pedro I do Brasil manda o Exército invadir a Assembleia Constituinte de 1824, prendendo diversos deputados. 1914 – Morre Augusto dos Anjos (n. 1884), conhecido por “poeta da morte”.

MUNDO

1938 — Hitler emite o "Decreto sobre a Eliminação dos Judeus da Vida Econômica", segregando os judeus da economia alemã. 1948 — O Tribunal Militar Internacional para o Extremo Oriente condena sete oficiais japoneses, incluindo o ex-primeiro-ministro Hideki Tōjō, à morte por seus papéis na II Guerra Mundial. 1993 — Última unidade do Chevrolet Chevette sai da linha de montagem.

FOTO DO DIA

DAS 500 SACAS AO CACAU GOURMET

Depois de enfrentar barreiras enormes, a partir do final dos anos 1960, um processo liderado pelo humaitaense Frederico Monteiro Álvares Afonso permitiu que Rondônia mais uma vez diversificasse sua produção agrícola, dando sequência ao que já vinha acontecendo desde que o Incra passou a coordenar a ocupação do solo do então Território

Frederico conseguiu implantar em Rondônia, a cultura do cacau, o que à época acendeu o “sinal amarelo” da tradicional cultura cacaueira baiana, mas o trabalho feito por ele e pela equipe da Ceplac foi em frente com maior ênfase a partir de 1971, quando o Incra acionou na região de Ariquemes dois projetos voltados pars o ”theobroma cacao”, que pode ser traduzido por “alimento dos deuses”.

E em 1978 uma empresa de Ariquemes, a “Fischer” mandava para a Alemanha, ao porto de Hamburgo, a primeira leva da exportação. O fator simbólico daquela primeira encomenda foi importante, apesar da quantidade, em torno de 500 sacas, e daí para a frente a produção cresceu, chegando mais tarde a enviar também o “cacau gourmet”, que exige do produtor uma série de cuidados, necessários para um público cada vez mais exigente.


Fale conosco