• Porto Velho

    domingo 19 de setembro de 2021

Rondônia recebe remessa de 40,5 mil doses de vacinas contra a covid-19

Doses da CoronaVac contemplam a faixa etária de 49 a 45 anos, 1ª e 2ª doses. Já as doses da AstraZeneca se destinam às pessoas com comorbidades e portadoras...


secom

Publicada em: 27/07/2021 20:19:53 - Atualizado

PORTO VELHO-RO: O Governo de Rondônia, por meio da Agência Estadual de Vigilância em Saúde (Agevisa), recebeu do Ministério da Saúde, nesta terça-feira (27), em Porto Velho, mais uma remessa com 40,5 mil doses de vacinas contra a covid-19, que fazem parte do Plano Nacional de Operacionalização da Vacinação. Deste total, 32,4 mil são da CoronaVac; 600 monodose do mesmo imunizante e 7,5 mil da AstraZeneca.

Doses da CoronaVac contemplam a faixa etária de 49 a 45 anos, 1ª e 2ª doses. Já as doses da AstraZeneca se destinam às pessoas com comorbidades e portadoras de alguma deficiência.

No ato de entrega dos imunizantes, o diretor-geral da Agevisa, Gilvander Gregório de Lima, pediu para as pessoas que receberam a 1ª dose, que procurem as unidades de saúde para receber a 2ª dose. “Ainda estamos em estado de alerta, por isso é preciso completar o ciclo, e todos têm direito a recebê-la nos postos de saúde. Ainda há doses a serem administradas, não podemos interromper o trabalho. Vacinar é a medida preventiva para se reduzir a ocorrência de casos graves e óbitos”.

Segundo Gregório de Lima, Porto Velho no momento vacina pessoas com 30 anos, enquanto seis municípios do interior já vacinam jovens de 18 anos. Ele estima que até o bimestre setembro-outubro deste ano todos tenham recebido a 1ª dose.

O Governo Federal já enviou a Rondônia 1,14 milhão de vacinas, das quais, 457,7 mil da AstraZeneca; 422,3 mil da CoronaVac; 139,2 mil da Pfizer; e 34,5 mil da Janssen.

Gregório de Lima orientou ainda para que sejam mantidas as medidas de prevenção: uso de máscara, distanciamento social, etiqueta respiratória, e higienização das mãos e de objetos de uso pessoal.

“A Agevisa reforça a todos que receberam a 1ª dose para receberem a 2ª da mesma vacina, fechando a cerca protetora para se chegar a 70% da população imunizada no Estado”, disse Gregório.

RANKING DE DISTRIBUIÇÃO

Em 19 de julho, o Estado classificava-se em quarto lugar no ranking nacional de distribuição. Segundo explicou o coordenador de Imunização da Agevisa, Ivo Barbosa, da Rede de Frio, as vacinas são embarcadas às Regionais da Agência no interior, sob rigorosa logística e cuidado na manutenção da temperatura das doses.


MATÉRIAS - DENÚNCIAS - VÍDEOS - FOTOS

Fale com a redação do Rondonotícias redacao@rondonoticias.com.br