• Fundado em 11/10/2001

    porto velho, sábado 20 de julho de 2024

Mulher é morta pelo marido por reclamar da temperatura do ar condicionado em Minas Gerais

Mulher foi atingida por dois tiros disparados pelo marido, que foi preso


cnn

Publicada em: 28/11/2023 10:18:37 - Atualizado

BRASIL: Uma mulher morreu, na noite desta segunda-feira (27), após ser atingida por tiros durante uma briga com o marido por conta da temperatura do ar condicionado. O caso aconteceu no Condomínio Mangueiras, na cidade de Santa Luzia, região metropolitana de Belo Horizonte.

Segundo o boletim de ocorrência, policiais militares foram acionados e quando chegaram até o local encontraram uma mulher caída na cama já sem vida.

O marido dela, Claudio Agostinho Cabral, que é ex-policial penal, estava ferido em um dos braços e foi socorrido para uma Unidade de Pronto Atendimento (UPA) da região.

Ele contou aos policiais que ele e a esposa, Jussara Ferreira de Almeida Cabral, de 53 anos, estavam deitados na cama, já prontos para dormir, quando começaram uma discussão em função da temperatura do ar condicionado.

A mulher teria pego a arma pertencente à ele e efetuou um disparo que atingiu de raspão o braço esquerdo de Claudio. Ainda segundo o relato do marido, os dois entraram em luta corporal e a arma disparou mais duas vezes, atingindo o peito e as costas de Jussara.

Quando a mulher caiu sobre a cama, Cláudio acionou a Polícia Militar. A perícia compareceu ao local e a arma foi apreendida junto com um carregador e três estojos.

Após ser atendido na UPA o marido foi preso e encaminhado para a delegacia de plantão. A perícia foi realizada no local do crime.

O corpo de Jussara foi encaminhando para o Instituto Médico Legal (IML).




Fale conosco