• Fundado em 11/10/2001

    porto velho, segunda-feira 15 de abril de 2024

Para surpresa de ninguém, senadores de esquerda foram os únicos contra a ‘saidinha’ de presos

Votação na Casa Legislativa também registrou ausência e abstenção de outros parlamentares à esquerda


omadeira

Publicada em: 24/02/2024 11:39:42 - Atualizado

BRASIL - O Senado impôs um novo revés ao governo de Luiz Inácio Lula da Silva (PT) ao aprovar nesta terça-feira (20) um Projeto de Lei que põe fim nas saídas temporárias de presidiários em datas comemorativas, conhecidas como ‘saidinhas’.

Ao todo, foram 62 votos a favor do projeto e apenas dois contra. Os únicos senadores que se opuseram à iniciativa foram Cid Gomes (PSB) e Rogério Carvalho (PT), ambos do espectro político de esquerda.

Outros senadores do PT ou aliados mais próximos do governo Lula, incluindo o líder do governo, Jaques Wagner, não votaram ou se abstiveram.

O PL que extingue as chamadas ‘saidinhas’ temporárias foi relatado pelo deputado federal Guilherme Derrite, do Partido Liberal, licenciado para exercer o cargo de secretário da Segurança Pública de São Paulo na gestão do governador Tarcísio de Freitas (Republicanos).

Veja como votou cada senadorhttps://www.omadeira.com.br/20...


Fale conosco